30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano

30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano – Dia 3

30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano

Todo ano, milhões de muçulmanos em todo o mundo separam um mês para cumprirem um dos 5 pilares do Islamismo, um mês inteiro de jejum, conhecido como Ramadã. Nesses dias, os muçulmanos que seguem esse ritual (cerca de 93% deles) levantam-se antes do nascer do sol para se alimentar, e ficam em jejum completo até após o pôr-do-sol, com um objetivo em mente: entregarem seus corpos ao seu deus, Alá, para se aproximarem dele e terem suas preces atendidas.

Há alguns anos, muitas agências missionárias tem se engajado, durante o Ramadã, a intercederem pelos muçulmanos, para que eles venham a conhecer o Deus verdadeiro, e venham a seguir aquele que chamam de profeta Isa, conhecido por nós como Jesus Cristo. Nosso objetivo não é que eles sofram, mas que venham ter suas vidas transformadas, como cada um de nós.

Este ano, o Projeto Flechas também lança o desafio de 30 dias de oração pelo mundo muçulmano. A cada dia, postaremos um motivo diferente, e desafiamos a cada um de vocês para gastarem alguns minutos orando por tantos perdidos que seguem essa religião que cresce com uma velocidade assustadora no mundo, inclusive no Brasil. Através da oração, podemos demonstrar nosso amor e carinho por cada um deles, demonstrando, assim, o caráter e o amor de Cristo por eles.

3º Dia: Crianças Muçulmanas

Ore pelas crianças de famílias e nações muçulmanas.

Um dos campos missionários mais férteis são as crianças. Estão sempre prontas para descobrirem algo novo, sempre dispostas a darem um abraço, sempre procuram brincar e se divertir. Para as milhões de crianças nascidas em famílias muçulmanas, no entanto, todas sofrem com medo, que é colocado até mesmo por seus pais, que deveriam cuidar delas. Crianças muçulmanas são, muitas vezes, ensinadas a terem medo de serem mortas, pelo simples fato de decidirem não seguir o Alcorão, livro sagrado dos muçulmanos. São levadas a ter ódio pelos “infieis” – os não-muçulmanos, especialmente os judeus e cristãos.

Além disso, sofrem com o medo de um dia serem levadas à luta armada, até mesmo entregando suas vidas como homens-bomba, com a promessa de que terão uma grande recompensa no céu. São, na maioria das vezes, encorajadas por suas famílias a seguirem em frente com essa missão, já que suas famílias poderão ser recompensadas e poderão, finalmente, sair da pobreza extrema em que vivem.

Enquanto crianças pelo mundo brincam com carrinhos e bonecas, muitas crianças muçulmanas aprendem a pegar em armas. Enquanto muitas brincam de jogar pedrinhas na água fazendo-as saltarem por diversão, muitas aprendem a jogar pedras em carros, e até mesmo a apedrejarem uns aos outros. Nenhuma criança deveria crescer em meio ao ódio e ao medo.

Entre os tantos traumas que elas tem vivido, também há relatos e testemunhos de que meninas são forçadas a se vestir como meninos, visto que, devido à cultura, é vergonhoso para uma família não ter filhos homens. Por isso, milhares de meninas são levadas a crescerem sem identidade, devido aos valores distorcidos nessa cultura.

  • Hoje, ore pelas milhões de crianças nascidas em famílias muçulmanas. Agradeça a Deus por você ter nascido em uma família e uma nação cristã.
  • Ore pelas obras missionárias que focam-se especificamente em crianças.
  • Ore para que escolas cristãs sejam abertas nos países muçulmanos.
  • Ore pelos órfãos, para que sejam adotados por famílias cristãs.
  • Ore pelo fim das guerras que ceifam milhões de vidas todos os anos.
  • Ore pelas crianças refugiadas.
  • Ore pela próxima geração, para que possam ver o Islamismo sendo cada vez mais reduzido.

Graça e paz.

Posted in Campanhas and tagged , , , , .

One Comment

  1. Amado Pastor,. Eu Sou pastor Ademir de Almeida,pertenço a Igreja Metodista Wesleyana a 36 anos, trabalho com Batalha Espiritual dentro de minha denominação, ultimamente meu coração tem ardido por orar para a conversão dos muçulmanos, Creio no poder de Deus para mudar a circunstancias, me coloco diate de Deus para interceder para a conversão dele, me coloco diante de Deus para lhe ajudar em nome de Jesus.

Deixe uma resposta