30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano

30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano – Dia 25

30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano

Todo ano, milhões de muçulmanos em todo o mundo separam um mês para cumprirem um dos 5 pilares do Islamismo, um mês inteiro de jejum, conhecido como Ramadã. Nesses dias, os muçulmanos que seguem esse ritual (cerca de 93% deles) levantam-se antes do nascer do sol para se alimentar, e ficam em jejum completo até após o pôr-do-sol, com um objetivo em mente: entregarem seus corpos ao seu deus, Alá, para se aproximarem dele e terem suas preces atendidas.

Há alguns anos, muitas agências missionárias tem se engajado, durante o Ramadã, a intercederem pelos muçulmanos, para que eles venham a conhecer o Deus verdadeiro, e venham a seguir aquele que chamam de profeta Isa, conhecido por nós como Jesus Cristo. Nosso objetivo não é que eles sofram, mas que venham ter suas vidas transformadas, como cada um de nós.

Este ano, o Projeto Flechas também lança o desafio de 30 dias de oração pelo mundo muçulmano. A cada dia, postaremos um motivo diferente, e desafiamos a cada um de vocês para gastarem alguns minutos orando por tantos perdidos que seguem essa religião que cresce com uma velocidade assustadora no mundo, inclusive no Brasil. Através da oração, podemos demonstrar nosso amor e carinho por cada um deles, demonstrando, assim, o caráter e o amor de Cristo por eles.

25º Dia: Palestina

Ore pela Palestina.

Ao longo de 2014, a pressão sobre a comunidade cristã aumentou; especialmente em Gaza. O número de cristãos tem diminuído e a influência do islamismo radical está crescendo. De fato, a principal fonte de perseguição nos Territórios Palestinianos é o extremismo islâmico.

De modo geral, a perseguição acontece por todos os Territórios, embora haja visivelmente mais pressão em Gaza do que na Cisjordânia por causa da presença de movimentos extremistas islâmicos ativos. Em parte como resultado de sua influência, o Hamas toma medidas fortes de “islamização” da região de tempos em tempos.

A dinâmica da perseguição aos cristãos nos Territórios Palestinos é complexa. Os cristãos vivem no meio do fogo cruzado do conflito Israel-Palestina; sua etnia implica muitas restrições do lado israelense e sua religião os coloca em uma posição minoritária dentro da comunidade palestina.

Cristãos de origem muçulmana são os mais fortemente perseguidos, seguidos por todos os cristãos locais (cristãos protestantes históricos e não tradicionais) que vivem em Gaza. Os cristãos expatriados não enfrentam perseguição, apenas algumas restrições.

Em 2014, a Portas Abertas recebeu a informação de um número um pouco menor de incidentes violentos anticristãos em relação ao ano anterior. No entanto, isso não significa necessariamente que houve menos violência contra os cristãos, já que pouquíssimos casos são relatados. Em Gaza, a pressão psicológica para que os cristãos se convertam ao islã está sempre presente. Muitos fugiram de Gaza e se mudaram para a Cisjordânia como resultado das ameaças para que renunciassem à sua fé cristã.

Não é esperado que a situação dos cristãos melhore no futuro próximo. A radicalização islâmica dentro da sociedade palestina, tanto na Cisjordânia quanto na Faixa de Gaza gera preocupação sobre o desenvolvimento da Igreja em ambas as áreas.

(Fonte: Portas Abertas)

  • Ore pela Palestina. A situação política desses territórios não é nada fácil. Há anos os palestinos lutam com Israel por uma terra. Para nós, cristãos, é muito mais fácil orarmos por Israel, e devemos fazê-lo. Porém, com isso, nos esquecemos que os palestinos também são amados por Deus e precisam conhecê-lo. Há muitos cristãos e muitas igrejas palestinas, que creem no mesmo Deus que nós. Que eles possam receber paz, mesmo em meio a tantos conflitos. Que a Igreja de Cristo não ore pela destruição deles, mas pela salvação deles. Que entendam que o único caminho para a paz entre palestinos e israelenses é Cristo.
  • Ore pelos cristãos palestinos. Que sejam livres da perseguição e possam cultuar ao nosso Deus abertamente. Que suas famílias vivam em paz, que as crianças recebam educação adequadas, que as mulheres sejam livres de toda violência, que os homens tenham força e sabedoria para guiarem seus lares.
  • Ore pela paz na Palestina. O grupo terrorista Hamas se estabeleceu na Faixa de Gaza e tem aterrorizado principalmente cristãos e judeus, mas também muitos muçulmanos. Seus atos terroristas ceifam milhares de vidas todos os anos. Para piorar, o Estado Islâmico ameaça entrar na Faixa de Gaza e tomá-la do Hamas, o que traria um conflito ainda maior. Ore pela paz nessa região, para que seja livre de conflitos e tanta destruição.

Graça e paz.

Posted in Campanhas and tagged , , , , .

Deixe uma resposta