30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano

30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano – Dia 19

30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano

Todo ano, milhões de muçulmanos em todo o mundo separam um mês para cumprirem um dos 5 pilares do Islamismo, um mês inteiro de jejum, conhecido como Ramadã. Nesses dias, os muçulmanos que seguem esse ritual (cerca de 93% deles) levantam-se antes do nascer do sol para se alimentar, e ficam em jejum completo até após o pôr-do-sol, com um objetivo em mente: entregarem seus corpos ao seu deus, Alá, para se aproximarem dele e terem suas preces atendidas.

Há alguns anos, muitas agências missionárias tem se engajado, durante o Ramadã, a intercederem pelos muçulmanos, para que eles venham a conhecer o Deus verdadeiro, e venham a seguir aquele que chamam de profeta Isa, conhecido por nós como Jesus Cristo. Nosso objetivo não é que eles sofram, mas que venham ter suas vidas transformadas, como cada um de nós.

Este ano, o Projeto Flechas também lança o desafio de 30 dias de oração pelo mundo muçulmano. A cada dia, postaremos um motivo diferente, e desafiamos a cada um de vocês para gastarem alguns minutos orando por tantos perdidos que seguem essa religião que cresce com uma velocidade assustadora no mundo, inclusive no Brasil. Através da oração, podemos demonstrar nosso amor e carinho por cada um deles, demonstrando, assim, o caráter e o amor de Cristo por eles.

19º Dia: Igrejas e Pastores

Ore pelas igrejas e pastores em nações muçulmanas.

Estar à frente de uma igreja local é um desafio para qualquer um. Isso envolve cuidar dos feridos, consolar os abatidos, pregar o Evangelho, desafiar os irmãos, ser um pai e mãe para muitos que não são de sua família. Em nações muçulmanas, esse desafio é ainda maior, pois envolve dezenas de restrições por parte das autoridades. Na maioria dessas nações, é proibido ser cristão e abrir uma igreja evangélica. Por isso, muitos se reúnem secretamente, em locais e horários divulgados poucos minutos antes do culto começar. Mesmo assim, muitos precisam conviver com o medo de serem presos a qualquer momento.

Em algumas nações onde é permitido por lei ter igrejas, a lei Sharia islâmica faz os irmãos conviverem com medo. A todo momento podem ser abusados, apedrejados, ter suas propriedades queimadas e destruídas. Além disso, em algumas nações as igrejas e pastores precisam pagar altos impostos que muçulmanos não pagam, ou precisar passar por uma burocraria interminável para fazer projetos simples, como reformar as paredes da igreja.

No entanto, a Igreja perseguida é uma igreja baseada em oração e intercessão. Cristãos dessas nações crescem aprendendo a clamar e interceder por suas nações. Não há praticamente nenhum cristão nominal, pois todos pagam um preço altíssimo por seguir o Evangelho. Isso fortalece a Igreja e faz com que avancem mesmo em meio à tremendas privações e tribulações.

  • Ore pelas igrejas e pastores em nações muçulmanas. Que recebam sabedoria do Senhor para liderarem suas ovelhas, compartilhando amor, direção, paz, segurança. Que a provisão não falte, e possam concluir cada um dos projetos que recebem do Senhor.
  • Ore pelas famílias dos pastores. Que as esposas e filhos sejam colunas fieis em suas casas, trazendo cada vez mais unidade nos seus lares. Que as esposas sejam sábias e idôneas, apoiando seus maridos em todo o tempo. Que o amor entre o casal não se esfrie, mas seja um fogo que os una cada vez mais. Que as crianças tenham acesso à educação, saúde e tudo o necessário para crescerem fortes e alegres.

Graça e paz.

Posted in Campanhas and tagged , , , .

Deixe uma resposta