30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano – Dia 16

30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano

Todo ano, milhões de muçulmanos em todo o mundo separam um mês para cumprirem um dos 5 pilares do Islamismo, um mês inteiro de jejum, conhecido como Ramadã. Nesses dias, os muçulmanos que seguem esse ritual (cerca de 93% deles) levantam-se antes do nascer do sol para se alimentar, e ficam em jejum completo até após o pôr-do-sol, com um objetivo em mente: entregarem seus corpos ao seu deus, Alá, para se aproximarem dele e terem suas preces atendidas.

Há alguns anos, muitas agências missionárias tem se engajado, durante o Ramadã, a intercederem pelos muçulmanos, para que eles venham a conhecer o Deus verdadeiro, e venham a seguir aquele que chamam de profeta Isa, conhecido por nós como Jesus Cristo. Nosso objetivo não é que eles sofram, mas que venham ter suas vidas transformadas, como cada um de nós.

Este ano, o Projeto Flechas também lança o desafio de 30 dias de oração pelo mundo muçulmano. A cada dia, postaremos um motivo diferente, e desafiamos a cada um de vocês para gastarem alguns minutos orando por tantos perdidos que seguem essa religião que cresce com uma velocidade assustadora no mundo, inclusive no Brasil. Através da oração, podemos demonstrar nosso amor e carinho por cada um deles, demonstrando, assim, o caráter e o amor de Cristo por eles.

16º Dia: Famílias

Ore pelas famílias do mundo muçulmano.

A família é algo sagrado na cultura muçulmana. Porém, a forma que isso é demonstrado não é como pensamos no mundo ocidental. Para um muçulmano, um filho tornar-se “infiel” – quando se converte ao Cristianismo, por exemplo – é pior do que a morte. A família passa a ser extremamente mal-vista, e o novo convertido é, na grande maior das vezes, rejeitado e expulso pelos próprios pais. Muitos sofrem ataques físicos, recebendo muitas surras e, em especial as moças, chegam a ser mortos pelos irmãos mais velhos.

Além disso, muitos jovens são enviados para lutar e entregar suas vidas em nome de Allah, deixando muitas mães e irmãos sozinhos. As moças, por outro lado, são mantidas reféns em sua própria casa, relegadas a duas únicas funções: cuidar da casa e ter filhos, sendo até mesmo proibidas de sairem na rua. Quando o filho atinge a maioridade, passa a ter mais autoridade do que a própria mãe no lar.

Todos esses fatores, sem contar a opressão do Islamismo, levam a uma destruição terrível de milhares de famílias. As poucas famílias que conseguem superar isso, podem acabar sendo vítimas das centenas de conflitos armados em sua nação. Só na Síria, mais de 200 mil refugiados tiveram que abandonar seus lares nos últimos anos.

Em meio a tudo isso, Deus tem enviado famílias de missionários para ministrarem salvação e restauração às famílias destruídas – pondo em risco a vida de sua própria família.

  • Ore pelas famílias en nações muçulmanas. Que toda essa cultura destrutiva venha a ser redimida pelo poder de Cristo. Que a mídia internacional se conscientize e provoque uma transformação, que poderá trazer libertação a muitos.
  • Ore pelos pais em nações muçulmanas. Que possam amar seus filhos, mas que descubram que a única forma para isso é receber ao amoroso Jesus em seus lares.
  • Ore pelos filhos. Que aprendam a respeitar seus pais, e passem a seguir o Filho Jesus que sempre honrou nosso Pai.
  • Ore pelas famílias dos missionários. Que possam ser uma luz em meio às densas trevas do Islamismo. Que suas famílias sejam fortalecidas. Que os casais se amam a cada dia mais. Que saibam criar seus filhos nos caminhos do Senhor, mesmo em uma cultura totalmente contrária à Palavra.

Graça e paz.

Posted in Campanhas and tagged , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor, complete a seguir: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.